sábado, 29 de março de 2008

RespirO AR

O espaço do EU, o ar que me falta, o que preencho em palavras, grande ajuda ao mar do que sinto.

Faço do espaço o eu_____________________________eu.

Procuro o silêncio, no AR que respiro, no poço do sentimento.

O AR, vazio, por respirar, aguarda o aviso.  Creio na força do punho, daquele que escreve.

Como pode em escrita o espaço ser aço______________________solidez.

Mar salgado, quanto do teu sal, quanto do teu sangue, quanto do teu corpo, quanto do teu AR

palavra-fulgor________________________AR_____________pequena dor.

Algo entre, entretanto, quando, sutilmente, fechada, palavra brilhante, RespirO.

1 comentário:

torkmurphy disse...

gostei dos textos... valeu, amigo...